Blog FALE CONOSCO
14 Oct 2019, Stella Zlatareva, EMIS

Valor dos deals na América Latina ultrapassa os US$ 10 bi em Setembro

O valor das fusões e aquisições (M&A) na América Latina e no Caribe teve um aumento de 62% em setembro de 2019 atingindo os US$ 10,9 bilhões, em comparação com os
US$ 6,75 bilhões no mesmo mês do ano passado.

Os dados refletem uma abundância de grandes negócios no mês passado, uma tendência que parece estar se espalhando para outubro, para que possamos ter um forte final de ano. O volume, por outro lado, marcou uma queda significativa de 23%. Atividade mais lenta pode ser atribuída à estagnação na maior economia da região, o Brasil,  à incerteza política na Argentina e ao apelo mais fraco do México a investidores internacionais.

A principal transação do mês, representando quase um terço do valor de setembro, foi a venda do negócio de distribuição de energia peruana da gigante de infraestrutura de energia dos EUA Sempra Energy, por US$ 3,6 bilhões à maior empresa de serviços públicos da China, a Yangtze Power. A Sempra pode ser responsável por outros negócios importantes no futuro próximo, já que também está em negociações avançadas para vender suas unidades elétricas no Chile.

Outra transação relevante envolveu o Santander México e seu banco espanhol, Santander. Este último concluiu uma oferta pública de aquisição, adquirindo uma participação adicional de 16,7% no credor mexicano por US$ 1,92 bilhão e, portanto, elevando sua participação total para 91,7%.

De janeiro a setembro deste ano, a América Latina teve um desempenho melhor em relação a 2018 em termos de volume e valor. Os dados da EMIS DealWatch mostram que houve 1.237 transações no valor de US$ 67,9 bilhões, acima das 1.213 transações, totalizando US$ 62,9 bilhões nos primeiros nove meses de 2018.

Olhando para os setores, Energia e Serviços Públicos dominou facilmente o ranking de valor, com cinco negócios, totalizando US$ 4,5 bilhões. O setor de Energia ficou em primeiro lugar com a venda da Sempra no Peru e a aquisição de uma participação na empresa colombiana Empresa de Energia de Boyaca pela Northland Power do Canadá por US$ 790 milhões, entre outros negócios.

O segundo em termos de valor e número de negócios, ficou com o setor de Seguros e Finanças, com suas 15 transações avaliadas em US$ 3 bilhões. O setor de TI e Internet manteve o apetite dos investidores e terminou no topo em termos de atividade, com  29 transações.

Cliente EMIS, faça o login e acesse o último relatório de M&A da região.

Precisa de Informações de Fusões e Aquisições e não é cliente EMIS? Acesse nossa página para mais informações ou clique aqui e solicite uma demo.

Para adquirir o relatório de M&A vá até a EMIS Store.

Fonte original: EMIS
PORTUGUÊS

RELATED ARTICLES